15/05/2017

Eggy bread - ou uma espécie de rabanadas saudáveis para o pequeno-almoço



Ainda fico ridiculamente espantada com a magia das coisas simples. Ou melhor: fico cada vez mais - e estou apostada em apontar a minha forma de ser e de estar para aí. Minimal living no sentido macro que pode assumir, na sua versão micro, a forma de uma receita, uma compra (ou não-compra), uma vela acesa, uma simples t-shirt branca, um quase regresso às origens (mas em bom), que me liberta. Como diria o Salvador, uma vida sem fogo de artifício.

De volta ao que me traz aqui e um exemplo claro do que referi: quem diria que passar uma fatia de pão por ovo e leite (sem açúcar) tornaria este num dos melhores pequenos-almoços de que tenho memória?
Os ingleses chamam-lhe eggy bread e em português encontramos similitude nas rabanadas - mas, vá lá, não tem a mesma graça proferi-lo como quem remete o cérebro para o doce de Natal. 
Será, portanto, uma recriação enganadora da imagem com a leveza de que nada do que se faz é banal. É disto que se fazem as minhas manhãs. E é mesmo por isto que, um dia, decidi criar um blogue. Um elogio à simplicidade.

Fiz a receita duas vezes só neste fim-de-semana. 


Entretanto, não sei se me viram no Canal Q, no programa É a vida Alvim. Falei do blogue, das receitas biológicas para crianças, dos workshops, do jornalismo, da Camila, do Jamie e tive o privilégio de me sentar não ao lado mas entre dois senhores impecáveis.

Está tudo aqui.








INGREDIENTES
[2 pessoas]

4 fatias de pão saloio (ou outro à escolha) com dois dias
2 ovos biológicos
3 colheres de sopa de leite magro (ou bebida vegetal de arroz)
1 pitada de sal
1 colher de café de óleo de côco (ou azeite virgem extra)
1 iogurte natural magro
Pepitas de cacau cru biológicas a gosto (usei Iswari)
Morangos a gosto


PREPARAÇÃO
  1. Cortamos o pão em fatias com cerca de 1,5 cm de espessura. Reservamos.
  2. Num prato côncavo, batemos os ovos com um garfo. Juntamos o leite e uma pitada de sal e voltamos a bater.
  3. Aquecemos uma frigideira antiaderente e pincelamos a base com o óleo de côco (ou azeite). 
  4. Passamos as fatias de pão pela mistura de ovo e leite, escorremos e douramos por dois minutos, até obtermos o tom desejado. Viramos e douramos o lado oposto.
  5. Servimos as fatias de pão com iogurte natural, morangos e pepitas de cacau a gosto.
Nota: é importante que o pão tenha dois dias para que não se desfaça.

[P.S. Estou sem iPhone por tempo indeterminado, o que significa que o meu Instagram está em stand-by. Dura provação esta, a de ter que (sobre)viver sem um gadjet que condensa a nossa vida toda. Viver sem telemóvel não faz, de todo, parte dos meus planos de existência minimalista, pelo que estou à beira de uma síncope].

Até já 
Sigam-me também no Facebook


GuardarGuardar

2 comentários

  1. Que receita tão deliciosamente simples! Mesmo como eu gosto :-) Já estava preocupada com a ausência...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que bom que é saber que sentem a nossa falta :)
      Um beijinho, Maria

      P.S. Para a semana há mais!

      Eliminar

© SWEET BIGAS. All rights reserved.