30/11/2017

Panquecas de cenoura para bebés | Receita Biológica


Último dia de Novembro, seis dias para o meu aniversário, 25 dias para o Natal. Passou a voar, não foi?

A árvore enche a minha sala há duas semanas - sendo que a menina Camila já partiu duas bolas - e os vários sistemas de som tocam em uníssono as habituais músicas delicodoces. Nada de novo... sendo que esta última parte acontece há mais de um mês, seguramente, e eu vivo muito bem com tudo isso. 

Agora a receita: as panquecas de cenoura fazem-me imenso lembrar o carrot cake, ainda que se faça de ingredientes simples e foi perfeitamente adaptada a bebés (com mais de um ano) e crianças. São saudáveis, uma óptima alternativa ao pão e preparam-se em cinco minutos numa única taça. Sem desculpas. E é um daqueles casos "para bebés" que os adultos devoram :)
Já brincadeira do coelhinho dá mais trabalho. Mas vamos falar sobre a alegria da Camila quando o viu? Impagável!

Como sempre nesta rubrica, os produtos são 100% biológicos e encontram-se à venda no espaço Bio & Natural.






INGREDIENTES
[para 5 panquecas altas e fofas | + 12m]

1 cenoura biológica ralada
220 ml de bebida vegetal de amêndoa sem açúcar Provamel
1 ovo biológico Natura
1 colher de sopa (rasa) de açúcar mascavado branco ou mel (opcional)
175 g de farinha de espelta branca biológica Nature Foods (ou de aveia)
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de canela em pó

Para finalizar
1 iogurte natural biológico Pur Natur
Cenoura ralada q.b.

PREPARAÇÃO
  1. Juntamos a cenoura ralada, o leite, o ovo e o açúcar (ou mel, se o bebé tiver mais de 24 meses) numa taça e mexemos bem com um garfo. Adicionamos a farinha peneirada, o fermento e a canela e juntamos apenas para envolver;
  2. Aquecemos uma frigideira anti-aderente em lume médio-alto e vertemos uma concha de massa. Assim que fizer bolinhas, viramos e douramos o outro lado;
  3. Repetimos o processo até terminar a massa. Servimos simples ou com iogurte natural.


Bom fim-de-semana prolongado 

Facebook sweetbigas
Instagram @anachaves


GuardarGuardar

13/11/2017

Focaccia de tomate desidratado, azeitonas e alecrim | Receita 100% Biológica


A quietude de um domingo soalheiro serviu-lhe de palco. A escolha criteriosa dos ingredientes deram-lhe vida. O aconchego do cheiro que inebriou a casa juntou as pessoas à mesa e à sua volta. 

Estou a falar de uma focaccia como poderia estar a falar de uma lasanha. Ou de uma pizza. 
Itália não tem só a cozinha que mais me fascina e conforta, como tem a doçura intrínseca do saber-fazer mesmo que, à primeira vista, não se vislumbre qualquer arte. 

Cortam-se pequenos pedaços igualmente toscos e abre-se uma garrafa de vinho condizente. O meu palato ratificou a crosta dourada e estaladiça e o quão guloso foi sentir os grãos de flor de sal, mas ,naquele momento, garanto-vos, não se pensa em nada que vá para além da mão que mergulha a focaccia em azeite puro, sem aditivos.










INGREDIENTES

320 ml de água morna
10 g de fermento de padeiro seco Bioreal
50 ml de azeite biológico Casa São Miguel
2 colheres de chá de mel
1 colher de chá de sal
475 g de farinha de espelta branca biológica
1 cebola roxa biológica
20 g de tomate desidratado biológico Desidrata
3 hastes de alecrim fresco biológico Vasco Pinto
1 mão de azeitonas pretas biológicas, descaroçadas
Flor de sal biológica com musgo irlandês Algaplus

PREPARAÇÃO

  1. Numa taça, dissolvemos o fermento na água com a ajuda de um garfo. Adicionamos o azeite, o mel e o sal mexemos bem.
  2. Numa outra taça, colocamos a farinha. Abrimos um buraco no centro e vamos deitando o preparado de água com fermento, mexendo com o garfo até obtermos uma massa.
  3. Polvilhamos a bancada com farinha e amassamos por cinco minutos até formar uma bola. 
  4. Colocamos novamente numa taça, tapamos com um pano e reservamos num local de temperatura amena por cerca de 1 hora.
  5. Pré-aquecemos o forno a 200º C e untamos um tabuleiro com azeite.
  6. Juntamos à massa a cebola roxa partida finamente em meias-luas, o tomate e as azeitonas picados grosseiramente e o alecrim. Envolvemos.
  7. Preenchemos o tabuleiro com a massa, criando concavidades com as pontas dos dedos. 
  8. Salpicamos com um fio de azeite e generosamente com flor de sal e levamos ao forno por 25-30 minutos, sem ventoinha, até a crosta estar dourada.
Post escrito em parceria com o espaço Bio & Natural do El Corte Inglés Gaia-Porto


Boa semana 

Facebook sweetbigas
Instagram @anachaves

GuardarGuardar

08/11/2017

Crepes de ricotta e espinafres com molho de mostarda e mel


A minha mãe não gosta de queijo, mas calhou em sorte que num destes domingos em que me visitou, eu tinha decidido fazer crepes com ricotta.
- Experimenta que vais gostar, atirei. E imediatamente me lembrei do último livro que li de Ishiguro, onde ele diz qualquer coisa como "as crianças devem ser enganadas se quiserem crescer sem trauma". Os adultos também.

A minha mãe não aprecia combinações improváveis, nem tem genuíno interesse em provar novos sabores. A felicidade dela reside no conforto do que conhece. 
Havia ainda salmão fumado à mesa naquele brunch e umas latinhas apetitosas que vieram da Companhia das Conservas, vizinhos de trabalho em Matosinhos. 

Contei dois crepes por pessoa - e andamos de faca em riste para dividir o que sobejou, desemparelhado.
Não sei se as mães se enganam ou se se deixam enganar. Mas convencem-se. Com delicadeza.





INGREDIENTES

Para os crepes
[cerca de 10 crepes]

100 g de farinha de espelta branca sem fermento
3 ovos
250 ml de leite magro
1 colher de sopa de manteiga magra derretida
1 pitada de sal

Para o recheio
30 g de pinhões
1 fio de azeite
1 dente de alho
150 g de espinafres baby leaf
Sal e pimenta preta q.b.
250 g de queijo ricotta

Para o molho
2 colheres de sopa de mostarda dijon
1 colher de sopa de mel
4 colheres de sopa de azeite
Sumo de meio limão
Sal e pimenta preta a gosto

PREPARAÇÃO

Dos crepes
  1. Peneiramos a farinha para uma taça. Abrimos um espaço no meio e juntamos os ovos e o leite. Misturamos bem com uma vara de arames e deixamos a massa repousar cerca de 30 minutos.
  2. Juntamos, agora, a manteiga derretida e envolvemos novamente.
  3. Numa frigideira anti-aderente e sem gordura, deitamos pequenas conchas de massa. Espalhamos uniformemente até obtermos uma camada fina. Assim que fizer bolhinhas viramos o crepe e douramos a outra face (sempre em lume médio-alto).
  4. Repetimos o processo até terminar a massa. Reservamos.
Do recheio
  1. Numa frigideira anti-aderente e sem gordura tostamos os pinhões. Retiramos e reservamos. 
  2. Em lume alto, juntamos um fio de azeite e um dente de alho esmagado e deixamos fritar o alho por 2 minutos. Juntamos os espinafres, temperamos a gosto e salteamos rapidamente (1 minuto). Retiramos e reservamos.
Do molho
  1. Misturamos bem todos os ingredientes numa taça. Corrigimos temperos se necessário. 
Empratamento
  1. Dobramos o crepe a meio (meia-lua). Barramos generosamente queijo ricotta em metade da superfície. Juntamos 1 colher de sopa de espinafres salteados e pinhões a gosto. Salpicamos com molho de mostarda e mel.
  2. Repetimos o processo para todos os crepes. Servimos polvilhado com mais molho e pinhões.

Tenham uma boa semana ♥

Facebook sweetbigas
Instagram @anachaves
© SWEET BIGAS. All rights reserved.